Ovos Moles de Aveiro

Ovos Moles

Descrição

Os Ovos Moles de Aveiro é o produto obtido pela junção de gemas cruas de ovos a uma calda de açúcar. Podem apresentar-se tal qual, envolvidos em hóstia, que pode ou não ser coberta com uma fina camada de calda de açúcar ou de chocolate, ou acondicionados diretamente em barricas de madeira ou de porcelana.

 

O produto pode ainda ser comercializado ultracongelado.

Matéria-Prima

Os ovos-moles de Aveiro são obtidos unicamente a partir de:

Gema de ovo, obtida exclusivamente a partir de ovos que obedeçam aos normativos em vigor, muito frescos, de categoria A, classe L ou XL, com cor entre 12 e 13 da escala de Roche,

Açúcar de cana branco refinado, tal como definido no Decreto-Lei nº 302/85, de 29 de julho;

Água, correspondendo às características de qualidade de água para consumo humano legalmente fixadas;

Hóstia de farinha de trigo, quando utilizada, só pode ser fabricada a partir de farinha de trigo, água e gordura vegetal, segundo receita tradicional;

Chocolate (opcional) – Sendo esta matéria prima para utilizar nos Ovos Moles de Aveiro em hóstia e atendendo que a interação do chocolate com a hóstia é determinante para a qualidade do produto final, o chocolate deverá ter uma percentagem de cacau 63%.

Características

Características sensoriais:

Ovos Moles de Aveiro:

Cor: homogénea, experimentando várias tonalidades entre o amarelo e o laranja;

Brilho: uniforme e não muito intenso;

Aroma: complexo; o aroma a gema de ovo evolui para um cheiro característico, de que fazem parte aromas tão diversificados como caramelo, canela e frutos secos, resultante das reações químicas que ocorrem durante o cozimento entre o açúcar e os compostos existentes na gema de ovo;

Sabor: doce, encontrando-se os sabores a gema de ovo e a açúcar modulados pelo cozimento;

Consistência: cremosa, embora consistente;

Textura: uniforme, sem grânulos de açúcar ou de gema de ovo.

A hóstia por vezes utilizada para a apresentação comercial tem cor homogénea, experimentando várias tonalidades entre o branco e o creme, opaca, baça, sem aroma ou com leve odor a farinha e sabor a hóstia, a consistência plástica e quebradiça e textura seca, lisa e uniforme.

Características Químicas:

 

Em caso algum é tolerável a presença de amido, corantes ou conservantes.

No final do prazo de validade a diminuição do teor de água e o aumento de açúcar resultante do processo de cristalização que ocorre no produto não podem ser superiores a 10% dos valores iniciais.

Informação Nutricional

Declaração nutricional Por 100g Por 20g
Energia 1524 Kj/362 Kcal 305 Kj/72 Kcal
Lípidos 13,0g 2,6g
dos quais saturados 4,8g 1,0g
monoinsaturados 6,7g 1,3g
polinsaturados 1,5g 0,3g
Hidratos de carbono 53,9g 10,8g
dois quais açúcares 41,6g 8,3g
Fibra 0,6g 0,1g
Proteínas 8,3g 1,6g
Sal 0,044g 0,009g

VALOR ENERGÉTICO

Ovos Moles de Aveiro – 362 kcal/ 100g

1 Figura – 72 kcal/ 20g ( 1 figura)

Se comermos um “Ovo Mole de Aveiro” ingerimos 72 kcal. Em termos de valor energético, um Ovo Mole equivale a 1 iogurte, ou a 4 bolachas, a um pão e meio ou a meia barra de chocolate.

 

 

Os Ovos Moles de Aveiro sendo um produto produzido com gemas de ovos, são uma fonte de vitamina A (8,7% DDR) e vitamina D (7,8% DDR).

Forma de apresentação

Os Ovos Moles de Aveiro apresentam-se comercialmente acondicionados na origem:

  • envolvidos em hóstia.
  • em barricas de madeira de choupo ou de porcelana, ambas com motivos alusivos à Região, nomeadamente, os moliceiros, a ria, as salinas, os palheiros e o farol da Barra;

 

História

Os Ovos Moles de Aveiro é uma receita conventual oriunda do Convento de Jesus em Aveiro e cujos registos remontam ao séc. XVI, são talvez o produto mais representativo da Cidade de Aveiro e sua Região.

Saber Mais

Fluxograma do Modo de produção

Modo de produção